Central de Artesanato Branco e Silva

A beleza e originalidade do artesanato amazonense podem ser conferidas na Central de Artesanato Branco e Silva, cujo nome reverencia o artista plástico Leovegildo Ferreira da Silva. Pintor, escultor e desenhista, autor do retrato do presidente Getúlio Vargas, em exposição permanente no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, o amazonense Branco e Silva desenvolveu importante trabalho no campo das artes e da cultura.

Destacam-se especialmente aqueles confeccionados com materiais tipicamente regionais: madeira, cerâmica, palha de tucumã, fibra e palha de tucum, tela de juta, cipó titica, entre outros.

Mantida pelo Governo do Estado do Amazonas e vinculada à Secretaria de Estado do Trabalho e Assistência Social - Setrab, a Central reúne 23 lojas de produtos artesanais, além de um salão para exposições e atividades culturais, restaurante e floricultura, distribuídos em um ambiente espaçoso e acolhedor.

São organizadas pelo órgão, regularmente, oficinas de criação coletiva, cursos de tapeçaria, entalhe e pintura, além de atividades de pesquisa e transmissão de técnicas artesanais.

Uma atração especialmente imperdível, entretanto, é o Café Regional, oferecido aos domingos das 07h às 12h. Durante o café podem ser degustadas delícias da gastronomia típica amazonense: frutas regionais, tapioca, bolo de macaxeira, bolo de milho, pamonha, munguzá, mingau de banana, banana frita, tucumãs, pupunhas, sucos naturais e outras.

Vale a pena incluir uma visita à Central de Artesanato Branco e Silva em seu roteiro de visitas da Cidade de Manaus. Uma grande variedade de produtos amazônicos, nas áreas da cestaria, tecelagem, escultura, entalhe, pintura e outras, pode ser encontrada na Central de Artesanato Branco e Silva.

Horário de funcionamento: de segunda a sábado (segunda-feira das 12h às 18h, terça-feira das 08h às 18h e sábado das 08h às 16h).

Endereço: Av. Mário Ypiranga, 1.999 (antiga Rua Recife) - Adrianópolis – Manaus / AM

Endereço: Rua dos Barés, n° 46 - Centro – Manaus / AM

Solicitar Reserva

Rota

  1. Manaus