Caverna Refúgio do Maroaga e Gruta da Judéia

A Caverna Refúgio do Maroaga é um dos lugares mais fascinantes de Presidente Figueiredo, começando pela própria história do local. Segundo a lenda, Maroaga foi um grande cacique da tribo dos Waimiri-Atroari, os quais deram bastante dor de cabeça aos militares na década de 70 durante a construção da rodovia BR-174. Dizem que esta caverna, com mais de 400 metros de túneis e galerias, foi utilizada como esconderijo pelos indígenas que, liderados por Maroaga, lançaram um grande ataque ao acampamento dos militares. Conhecidos por sua extrema selvageria, os Waimiri-Atroari esquartejaram as suas vítimas e espalharam seus pedaços por entre as árvores. A caverna está localizada dentro de uma área de proteção ambiental e só pode ser visitada com a presença de um guia turístico local. O cenário é o mais jurássico que você irá encontrar nessa parte da Amazônia, e não se surpreenda quando começar a pensar que um dinossauro pode aparecer a qualquer momento. Depois de 30 minutos de caminhada chegamos à Gruta da Judéia, um dos lugares mais idílicos de Presidente Figueiredo. Aqui o paredão rochoso se abre em uma grande galeria de onde cai um poderoso jato de água que, acompanhado por raízes e cipós pendurados, forma uma belíssima piscina natural de águas douradas. O desgaste das paredes rochosas preenche o solo com uma fina areia branca, completando a paisagem deste verdadeiro oásis incrustado no coração da floresta amazônica.

Solicitud

Ruta

  1. Manaus